quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Tempo, tempo, tempo, tempo


Depois do acúmulo de insanidades recente, achei melhor pegar mais leve.


Tempo


A partir de um texto de Ana Cláudia Braga


Pequeno gesto
Anônimo , impensado,
Passado.
O rei pressente
a falta de apoio
Presente .

Nem haste, nem copo
Fotos, cenas passeios
Passado .
Pouco importa a forma,
Aroma que se sente
Presente .

Chora a nota do piano
chora sax assoprado
Passado .
Hoje passa o presente
O amanhã é passado
Dormir passado
Acordar presente.

Memória :
a melhor das formas - passado ;
a pior das penas - presente.

2 comentários:

malmal disse...

lindo , lindo, mas fiquei curiosa quanto ao texto...tem jeito?

bijok

Vilma disse...

Estou em dúvida se meu problema é tempo, excesso de atividades ou minha lentidãó, acabei de postar, isso já é passado...