sábado, 8 de março de 2008

Nossa (???) língua portuguesa - amazonês

Aquele era um dos dias em que ele aparecia cheio de aço e tentava abafar uns trocados adubando os clientes da taberna, mesmo porque estava roendo pupunha. Costumava entrar se alteando : "- A como tá a cerveja hoje ?" Naquele dia sua vítima foi um aloprado que acochava a sincera na mesa dos fundos. Olhou a porção de fritas e apresentado perguntou : "- cês tão comendo a pulso ? posso pegar uma ?" O batóré que estava batendo caixinha prá cabrocha respondeu : "pode se aviar, se quiser até o tucupi, mas tá carne de tetéu"

O baba-ovo percebeu que era o lugar certo e foi adiante : "Alguma babita tem também ?" Depois da bagaceira de ontem fiquei sem nada e tem uma barca lá em casa para comer... Não teve nem tempo de acabar a frase quando levou uma cachuleta de garçom cheio de biloto : " - Capina beradeiro, está achando que isso aqui é biboca ? Se tu bateu fofo não vem com caqueado. e pode capar o gato. Sua alma sua palma seu coração sua pindoba."

Ele pensou no bodozal e achou melhor não arriscar a biqueira de outro cocorote, deu outra brechada no casal e saiu. Atravessou a bola sem perceber que tinha breado uma garrafa na calçada e, mesmo brocado não de fez de calundu. Pensou em roubar um cascalho do regatão mas não ia ser bonito para sua cara.

Estava mesmo na casa do sem jeito, com a venta cheia de cataraca e o pescoço com cordão de ceroto.Foi quando viu a cobrinha do chibé. Chegou cheio de caqueado e entrou com borra e tudo. Uma cunhatã que estava para trás gritou : “ - Como já então?! Do nada? Parece que comeu coquinho" Ao que ele respondeu : "Não precisa cortar e aparar minha curica, não estou de cruzeta não".

Quando se olharam a tijubu gostou do curiboca e mesmo percebendo que ele era de dar bolo em catita se apaixonou pelo danado. Ele de primeiro e tentou dar um chagão mas ela já estava cheia de dengo e não tinha como tirar as broncas. Do jeito que estava vazado era melhor não se frescar que podia ter uma bilora.Mesmo vendo que ele estava desplanaviado não deixou ele embiocar e só ficou satisfeita quando o viu empachado com todo aquele sarnambi reimoso.

Encangou no pescoço do dito cujo toda esticada. Convidou-o para dar umas facadas nos facultários. Ele nem fez meuã, mesmo achando que a piriguete era fanta, ele não era de gabulice, nem de rebolar no mato. Deram de cara com um galalau com cara de folote que estava de bubuia, mas não buliram com o cara pois viram o gambão na esquina.

A menina até que erá filé de olhos gatiados mas muito gasguita. Foram para a casa da gueguete mesmo lisos. Pelo menos poderiam ir pras barcas e dar um ketchback. Ela lhe deu um ipadu e disse que estava lavando urubu e qualquer leguelhé a deixava incadiada com vontade de malinar. Ele, todo mocinha, não queria pimbar nem amarrado pelo chinelo preto.
Foi quando viu a osga ovada no teto, a bicha era maceta. A pirentinha fez um papoco e saiu correndo porta a fora como se tivesse visto visagem.Foi a chance que o pardioso, mesmo zambeta, viu e, sem pavulagem caiu fora zimpado antes se pebar e gritou : "Tô pegando o beco que está quente que só nesse requenguelo!"

Nem deu tempo da sacopemba lhe puxar o dedo ou queixar, quando se deu conta estava tudo quiriri.

Para as outras versões do Nossa (???) língua portuguesa : Carioquês, Gauchês, Mineirês, Baianês.

5 comentários:

Vilma disse...

Que geringonça é essa? faz um favor, quando for falar do povo do paraná, não use apenas o dialeto sulista como- leite quente da dor nos dente...

meu teclado endoidou...hahahaha

Fábio Adiron disse...

Vilma

Depois me mande um dicionário de paranaês do norte que eu providencio...

Vilma disse...

Fábio,

esse dicionário ninguém teve coragem de escrever...quando for fazer isso ouça a rádio paiquerê de Londrina o programa do sr Ricardo Spinoza(98.9), acham ele muito brega( menos eu), deve ser porque ele fala exatamente igual ao povo daqui.

Vilma disse...

Segue o link:
http://www.paiquerefm.com.br/index.asp

malmal disse...

hahahha. coloca o lik do dicionário que essa tá difícil demais...


bijok