segunda-feira, 12 de novembro de 2007

Nossa (???) língua portuguesa - o retorno


Trudia m'ia amiga chegô falano :

- Põe log'es chinelu, mininim, peg' lá u'copim procê qui mi cuntaram uns causo ingraçado. Quéu'ma carninha? Não ? Intonce iscuita :

- Esturdia cumpai contô qui u Zé chegô tardi in casa tontim qui nem gambá moiadu i a Maria num quissabê cunversa e sentô a mão na cara du infiliz. Ele inté qui quis dizê qui tava trabaianu inté mais tardi mas uns cumpanhero de sirviço tinha passado preguntanu pru ele. Ah, vixe santa o Zé ficô dirrubado i apanhô inté debacho duis suvaco. Deu no rádindagorinhamês. Cê iscutô? Ela inté falô qui vai largá deli.

- Nú ! Credeuspai ! Vixxxxxxx isso é doidimais.

- Imagine que sapassado lánacadavó taveu na cuzinha tomando uma picumel e cuzinhando um kidicarne com mastumate pra fazê uma macarronada com galinhassada. Quascaí de susto, quando ouvi um barui de dendoforno, pareceno um tidiguerra. A receita mandopô midipipoca dentro da galinha prassá. U forno isquentô, u mistorô e o fiofó da galinha ispludiu!! Nossinhora! fiquei branca quinein um lidileite. Foi um trem doidimais!! Quascaí dendapia! Fiquei sensabê doncovinha, proncoía, oncotava. Óiprocevê quelucura!!! Usei o psicológico i grazadeus ninguém simaxucô!

- Vamo andanô. Qué dáua volta no carrim?

- Prônostam'ínu ?

- Nóis passa badaponti lá berádurii e leva uma gra´d cerveja dentro da cadizopô...

- Dexovê. Sucêfôeuvô

- Mas tu num vai rachá no cabirová, vai ?

- Acámifia tôgarrádo

- Émezzz ?? Doutra veiz tu vazô na braquiara

- Ara sô! Vai cagá di morro abaixo pra vê a bosta rolá

6 comentários:

Vilma disse...

Deus te bençõe minina, agora vai campear e cata cambuquira pro armoço que num tem mistura. Que saudades da minha mãe!

Pessoa Comun disse...

Fiquei sensabê doncovinha, proncoía, oncotava.

Meu ! tentei ler antes do café, deu não !!! só com baldes e baldes de cafeina pra traduzir tanta lezeira...

qual a próxima região? párabens pela paciência, aliás , coisa de mineiro.

bijim

Ana disse...

Cara, lembrei de um dia que fui a um congresso na ufmg, e pedimos uma informação para uma pessoa local para ele nos explicar como chegávamos na escola onde ficaríamos alojadas...rs...40 minutos depois, ficamos sabendo que a escola ficava perto do CORDEBOMBEIRO só isso.....ahahahhahah
A escola ficava a tirim de espingarda da ufmg....ahahhahaha
bjinhus
ana

Volney Faustini disse...

Andu encima dimoro pra vê bola rosta - meió dizendo: bosta rola pra baixo.

Volney Faustini disse...

P.S. - Cum perdão da palavra: caguei de rir!

Cado disse...

demorei um bocadim, mas rolei morro abaixo... de tanto de rir.