domingo, 23 de março de 2008

Encontros improváveis




A música é um clássico de Natal. O diálogo inicial é hilário, especialmente o que o mais novo entende como sendo "velho".

O dueto maravilhoso.

2 comentários:

Lucila disse...

Lindíssimo...!!!

malmal disse...

Sabe, acostumada a carinha do Bowie , digamos, mais rebuscada , nem acreditei quando o vi...realmente uma dupla inesperada...e bela

bijim