segunda-feira, 24 de março de 2008

Em busca da sala 115 do Bloco B


Há alguns dias atrás estava em um evento numa das faculdades da Universidade de São Paulo. Andando pelos corredores me chamou a atenção um aviso em uma das portas das salas que dizia: “a aula de Lógica e Senso Comum foi transferida para a sala 115 do Bloco B”.

Tenho de admitir que, na hora, fiquei muito curioso para saber o que é que se ensina numa aula dessas e, se não fosse pela aula ser em outro horário, certamente teria ido lá dar uma olhada.

Qual será a bibliografia básica de um curso de senso comum ? Eu até consigo imaginar temas para uma aula de lógica, afinal existem várias diferentes: a matemática, a jurídica, a de mercado, e até mesmo os conceitos complexos de lógica difusa. Se você gosta de filosofia, nada como se aprofundar no conceito que Aristóteles lançou nos seus Organon há centenas de anos.

Mas, e senso comum? Será que o senso comum é bom ou ruim ? Se for bom, será que se aprende em livros e nos meios acadêmicos ou é algo que todo ser humano deveria ter uma certa dose ? Não precisa responder, eu já descobri que não é uma capacidade inata e mesmo a sua construção social é muito complexa e limitada.

Na próxima vez que eu for até a USP eu vou me informar melhor a respeito das aulas desse bom senso : na pior das hipótese, vou me matricular para ver se consigo entender alguma coisa. O único risco é que isso possa afetar meu grau de insanidade.

3 comentários:

Vilma disse...

È fato que às vezes o senso comum foge da lógica...engraçado estarem na mesma sala...

malmal disse...

hahahha, afetar seu grau de insanidade? pra mais , né?
hahahhaha

bijim

Taty disse...

Senso comum? Lógica? Pra quê?