quarta-feira, 19 de agosto de 2009

As piores cenas do cinema



O cinema é cheio de cenas emocionantes. De todos os tipos de emoção, diga-se de passagem.

Algumas, em particular, me geram a emoção da raiva, de tão ruim que são.

Mas existem duas cenas que são absolutamente fabulosas e, ao mesmo tempo, terríveis.

A mais antiga e, talvez, mais conhecida, é a cena final de Casablanca, quando Rick coloca Ilsa no avião junto com Victor Laszlo.

Ele sabe que ela é a mulher da sua vida. Mas prefere protegê-la do que roubá-la do rival.

Rick, como bom durão, aparenta não estar ligando para esse desfecho. Mas que deve ter doído, isso deve.

A outra cena, apesar de interpretada por outro ator com fama de durão, mostra um homem se desmanchando em lágrimas por seu amor.

Acontece no Pontes do Madison (Bridges of the Madison County)

É o momento em Robert (Clint Eastwood) fica parado na chuva olhando Francesca (Meryl Streep) entrar no carro com o marido e ir embora para sempre.

Justo ela, a quem ele se referiu como o amor que se encontra só uma vez na vida.

Na cena, as meninas também podem chorar junto com ela.

Mesmo sendo as piores cenas do cinema para um romântico de carteirinha como eu, nunca vou deixar de assistí-las.

Sabendo que eu não me chamo nem Rick, nem Robert.

5 comentários:

Vilma Mello disse...

Fábio também é um nome bonito

beijos de quarta

Raquel disse...

Pontes do Madison é um filme inesquecível...uma paixão,que resistiu ao tempo,mesmo guardada em cartas,fotos...

Anônimo disse...

Cenas de amor são sempre comoventes e inspiradoras...porém, esbarram sempre nas escolhas...
haja romantismo!
beijos

Bel disse...

É verdade. Duas cenas fortes e terríveis, apesar de belíssimas.

Mas nas Pontes de Madison, acho ainda pior. Porque poderiam ser feitas escolhas diferentes, que em Casablanca eram praticamente impossíveis. De todo jeito, eu chorei mesmo nas duas.

Ah. eu fotografava quiabos, sim. Depois explico o projeto. ;)

Bjo!!!

clau disse...

E nem eu me chamo Francesca ou Ilza.
Mas sabe uma coisa Fabio? O tipo pior de romantico nao é aquele que chora por dentro qdo ve cenas assim, nao.
Mas aquele que passa anos,anos a fio, em uma situaçao dura e miseravel, enxergando sua propria vida a dois como sendo, ela mm, MUITO romantica.
Pois se nao tem um bom cristao que avise o pobre que a sua, ao invès, é sò uma estòria muito triste...
Rss.
Bjs!