sábado, 11 de julho de 2009

A ponte de Lhanbryde

No caminho de Lhanbryde, Escócia, havia uma ponte de pedra em Robertson Road que, segundo a lenda, se atravessada sozinha, faria com que a pessoa que o fizesse passasse o resto dos seus dias sem um companheiro.

Os mais velhos garantiam que, caso a pessoa fosse solteira, morreria solteira. Se casada, enviuvaria em breve. Por via das dúvidas ninguém se arriscava a desafiar os poderes da ponte.

Tamanha era a preocupação com o assunto que as autoridades municipais colocaram, de cada lado da ponte, um aviso a respeito, para que os viajantes e turistas não sofressem as consequências da maldição.

Um dia, vindo de Moss of Burmuckitty, Mawkishly se aproximou da ponte disposto a destruir todas as superstições locais. O rapaz era conhecido pela sua coragem, mas nunca tinha chegado a esse ponto.

Esperou o entardecer para que o movimento diminuísse e, quando achou que não havia mais ninguém por perto, foi em direção à ponte.

De longe, alguns amigos o observavam, incrédulos. De perto, Mawkishly sentia um frio na barriga, apesar de valentão ele era um sentimental e sabia que estava colocando em jogo o seu futuro.

Colocou o primeiro pé no piso de pedra, respirou fundo e foi.

Estava tão concentrado na sua empreitada que nem percebeu que, no mesmo momento, uma moça que estava do outro lado do rio, aproveitou que ele entrava na ponte para também fazer a sua travessia.

Quando chegou à metade do percurso Mawkishly levantou a cabeça e deu de cara com os olhos azuis de Maudlin. Quase se aborreceu, mas quando Maudlin, sorrindo, lhe agradeceu por atravessar com ela, ele se derreteu todo.

Quando conseguiu se recompor disse para ela que, na mesma data, dali a um ano, estariam rindo juntos. Foi o que aconteceu. Casaram-se um ano depois e, para comemorar, atravessaram de mãos dadas a ponte.

Desde então, as novas gerações de Lhanbryde cantam os poderes casamenteiros daquela que, outrora, era a ponte da solidão.

4 comentários:

Bel disse...

Ooow, sweet!
Eu acho que eu também enfrentaria a maldição da ponte... não ligo a mínima pra essas coisas!

clau disse...

Nada é tao "amaldiçoado" qto os nossos sentimentos com relaçao a alguma coisa que nos cause temor.
Como em quase tudo nesta vida, precisa-se acreditar para fazer tornar verdadeira uma crença: o tal do poder da sugestao. rss.
Boa sorte a Mawkishly e a Maudlin!
Bjs!

Juliana disse...

E não é que Lhanbryde existe mesmo?
Você já esteve lá?

Ana disse...

Preciso passar nessa ponte...uahahaha