segunda-feira, 6 de julho de 2009

Bolinho com café


Não é todo dia, aliás é muito raro mas, de tempos em tempos, eu me arrisco na seara dos pratos doces.

Nada me melhor do que a ociosa tarde de um domingão para brincar na cozinha e lá fui eu fazer bolinhos. Aqui em casa são conhecidos como crosty (não me perguntem por que), nome que veio junto com a receita que aprendi com a bisa Lina.

Tudo indica que a origem do bolinho é italiana, pois a mãe da bisa já fazia. Não tem muito truque, talvez apenas o acabamento trançado.

A trança é feita fazendo-se uma fenda no meio do retângulo e passando uma das pontas por dentro da mesma, quase como se estivéssemos enrolando uma meia.
O bolinho não fica muito doce, na hora de comer (tomando-se um café ou um chá), cada um escolhe o seu complemento que pode ser mel, açúcar misturado com canela ou alguma geléia.

Ingredientes :

½ kg de farinha de trigo peneirada
5 colheres de açucar peneirado
1 ( ou 2 ) ovos inteiros + 1 gema
3 pitadas de sal
2 colheres de sopa de óleo
2 e ½ colheres de chá de fermento em pó
1 xícara de leite

Preparo :

Dissolver o fermento no leite
Abrir a farinha em forma de vulcão, colocar o açucar no meio
Colocar os demais ingredientes e misturar
Amassar até a massa ficar lisa e dar ponto
Abrir com o rolo
Cortar em retângulos. Abrir uma fenda no meio e trançar
Fritar numa panela funda com bastante óleo


8 comentários:

Juliana disse...

Quero!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Café com bolinhos? Que delícia!
Desse jeito vou ter que aumentar aguns km na minha caminhada matinal...

Beijos de segunda

Vilma

Anônimo disse...

Que covardia!! Adoro! crosty....com canela.... Tudo bem ,pelo menos deu a receita.
beijos

Rubinho Osório disse...

Ai, por que fui passar por aqui?!?!?! Já é mais de 13 h da tarde e ainda não almocei... que fome!!!
Me dá um! Unzinho só!!!

idelelot disse...

Hummmmmmmmmmmmmm
Adorei!!! e roubei a receita!!! rsrsrsr
Vou experimentar.....tb não almocei e fiquei ainda mais aguada!!!
Bjs

clau disse...

Hum...!
Por aqui existem muitos tipos de massa frita doce.
Quase sempre regadas com mel ou alchemens.
Tem nomes variados, dependendo da regiao em que sao feitas.
Estes seus lembram le frappe.
Minha avò fazia e chamava de strufoli as suas, que cobria com açucar e canela, ai em SP.Mas poderiam ser tb brighelle, castagnole, enfim...
Cada borgheto da um nome diferente à uma coisa que seria, essencialmente, igual!
Bjs!

Leãdro Wojak disse...

Olá.
Conheço esse doce por vários nomes: grôstoli, calça virada ou cueca virada. É muito comum na região Sul. Sempre soube que sua origem era polonesa e o nome original seria Chrusty, como é conhecido na minha família.
Mas o que é um nome perto dessa delícia?
abraços,

Ana disse...

Para esses dias gélidos não há nada melhor e engordante....rs