segunda-feira, 14 de abril de 2008

Nossa (???) língua portuguesa - Arroz com pequi


- Tá boa ?

- Oww, deixa eu te falar, lembra aquele trem que eu te pedi…? Pois bem, eu sei que chega dói, mas será que dava para desligar esse ar condicionado ?

- Nem pensar..

- Eu fico encabulada com esse seu descaso...

- Tem base ? Na Goiânia se a gente não refresca pode madurar e quando é fé o cheiro fica insuportável.

- Mas assim eu num dô conta de continuar no Goiás nas férias. Eu gosto de você demais da conta, mas deixa de ser custoso.

- Anêim ! Vamos fazer o seguinte eu mais você vamos dar uma volta. No queijim tem um pit dog que serve um piqui de sal, bão ??

- Pode ser, mas veja bem onde me leva, aquele dia na calçada tinha mandruvá no meu disco...

- Coró de doce ou de sal ? Deixa de ser barriga verde, ou quá ?

- Não me faz dar rata de novo. Senão te caço e te dou uma voadeira.

- Uai...então vamos de guariroba, bão mesmo ?

Para as outras versões do Nossa (???) língua portuguesa : Carioquês, Gauchês, Mineirês, Baianês e Amazonês

Um comentário:

Vilma disse...

Chegando em Goiânia:
- Moço sabe me dizer onde fica o setor Pedro Ludovico?
- Sei não.
Será que seus amigos aí sabem.
- sabe não.
Sem desistir, querendo chegar ao local, eis que surge um policial:

- o senhor sabe como chego ao setor Pedro Ludovico?

- Sei, sobe aqui de escanteio, entra à esquerda, e pergunta de-novo para outra pessoa que ela te informa, porque é longe dimais...