segunda-feira, 2 de março de 2009

Contículo invertido


Sim dissera no dia que ele a conhecera, juras eram feitas, perfeitamente as ouviu.

Da sua vida, em seguida, desapareceu, negar não podia que o acontecimento mal percebera.

Um no outro tropeçaram algures, sem que isso relevante fosse.

Amor à primeira vista não poderia se chamar o novel sentimento, mesmo se outros ângulos alegassem.

Monocromáticas vidas outra paleta de cores descobriram. Tons menores em brilhantes acordes soavam.

Dos temores passados a noção perderam, de sorrisos as almas inundaram.

Foi como se o mundo todo, em um momento, tivesse se invertido.

Inversão: consiste na mudança da ordem natural dos termos na frase.

4 comentários:

Lucila disse...

Palavras invertidas mas sentimentos e emoções na direção certa. Lindo!!!

Maria disse...

E a foto, perfeita.

Arimar disse...

Fábio.
Seria muito bom se houvessem mais inversões neste mundo.
Abraços.

Virginia disse...

Posso tentar?

Uma história singela o conto narra...
O entendimento do mesmo sua estrutura não impede...
Duas almas desencontradas o tempo inverso aproximou...
E eterno o amor deles se tornou...

(Desculpa a ousadia )

Beijos...