sexta-feira, 7 de maio de 2010

Fábula entomogastronômica

Elas chegaram na janela da cozinha e ficaram observando o movimento.

Crianças correndo, mãe gritando, empregada descascando tomates para o molho do macarrão.

O perfume do tomate fresco e do manjericão até chegou a atraí-las, mas o barulho as assustou.

Pousaram perto do vidro. Quem sabe uma hora todos saíssem e elas pudessem entrar e aproveitar melhor o perfume dos ingredientes.

As crianças foram para o quarto, a mãe atrás delas, só tinham de esperar que a empregada se distraísse.

Quando a água começou a ferver ela saiu em direção à dispensa.

As duas borboletas rapidamente entraram.

Uma foi direto para o tomate picado, a outra se deliciava com as folhas do tempero fresco.

Não demorou muito e a empregada voltou com um pacote de macarrão.

As duas olharam para o pacote, se olharam e sairam em disparada.

Nunca mais chegariam perto daquela casa habitada por canibais.

2 comentários:

Vilma A. de Mello disse...

As aventuras das borboletas beges...

Beijo de sexta feira

clau disse...

Ah...tb para mim as farfalle sao as minhas preferidas!
Pobrezinhas...rss
Bjs!