terça-feira, 4 de dezembro de 2007

Antologia de Novembro


O mês de novembro foi pródigo em comentários antológicos, a seleção dos melhores dos melhores está cada vez mais difícil e devo ter cometido injustiças. Continuo recomendando que eles sejam lidos fora do contexto - imagine a sua história para cada um deles.

Meu ! tentei ler antes do café, deu não !!! só com baldes e baldes de cafeina pra traduzir tanta leseira...

Dá pra explicar o comentário machista?

...olhos de pitanga que engraçado...

...tinta vermelha já é terrorismo...

...realmente eu gosto de repetir a palavra realmente...

Será que é o que eu conheço por outros nomes menos bizarros?

A mansão mal assombrada para amigos imaginários...

...vc é muito moleque!

Se o seu não é tímido, manda ver...

...afinal, velhinha como estou, o tempo pesa...

Mudaram os senhorios...aumentaram os escravos

Pensei que o bicho papão não descesse do telhado...

... e os descafeinados???

...agradecemos de joelhos (em profundo silêncio), a educação institiva,o bom senso e as cafeterias....

..sem palavras ou cem palavras?

Sim. Um pouco além de frágil. Perto da margem ouvi canções de sim e contos de um oceano topográfico.

Tô de vinho tinto suave em garrafões de 5 lts telados...

...ela é útil pra tentar entender os desmandos das cabeças masculinas.

...você é um grande tradutor da ignorância masculina...

...sua insanidade é tão real que chega a ser absurda...

...será que dá pra dividir o colo dele comigo??

...mãos que quase se encostam mas nunca se encontram....

... exposto assim, parece mais frágil que ela.

...uma vez na corda bamba, sempre na corda bamba...

...você é um baita traidor.

...gosto dessas projeções etílicas...

.....está no meu kit junto com o livro de figurinhas.

Eu explico: Mané! Otário!

8 comentários:

Lou Mello disse...

Fábio
Pelo jeito, não recebi a reflexão do mês. Tentei encontrar mas não consegui. Você poderia me mandar um link ou o endereço para eu ver? Muito Obrigado.

Leãdro Wojak disse...

puxa vida, tem um fã do yes por aí...

Vilma disse...

Hahahaha, isso tá mais divertido que colecionar figurinhas... que figuras !

Ana disse...

Fabio, essa ganhou de todas:
" sua insanidade é tão real que chega a ser absurda.."
Muito profunda essa frase, risosss, chega a ser filosofica, risoss

malmal disse...

Fábio, acho que vc não tem noção do que é procurar em cada post, quem e quando foi dita tal frase.
Então, facilite a vida da curiosa malmal e coloque os links mês que vem...hahahhahah, dará trabalho(pra vc), mas seu fiel publico agradece...

bijos

Fábio Adiron disse...

Filosofia...filosofia e diversão

Malmal, a única lógica da antologia é a de ler as frases fora do contexto...aproveite dessa forma que fica mais engraçada.

malmal disse...

Fábio, então a insanidade possui uma lógica...
terei trabalho.

bijo

Taty disse...

Bom, continuo na fase das frases curtas e figurinhas, mas já começo a ler textos maiores, minha criança está aprendendo a ler frases maiores, hahahaha....
Já pensou em fazer um texto só com essas frases? Ficaria divertidissimo......a criança agradeceria.