quinta-feira, 6 de novembro de 2008

A volátil antologia de Outubro

Meus leitores/comentaristas andam insuperáveis. Cada mês é mais difícil escolher as frases para essa antologia.

Se você é novo por aqui, a intenção é ler as frases fora dos seus contextos e, a partir delas, imaginar suas próprias histórias:

...não jogaria um lustre em um ignorante...

...só não foi presa porque ainda não pegou gosto pela bebida...

Mês que vem eu recebo alta... ahuahuahuahua!

E o tempero tem um gosto de indigesto mesmo antes que se prove a mistura...

...rezando para que meus ácidos estomacais consigam digerir logo...

Bestial", como diria meu amigo Portuense!

só não serve pra quem tem companheiro ciumento...

e metionina você sabe o que é?

O cara acorda no meio da noite e manda a secretária...trazer o penico

Acho que vou comprar a merenda lá na venda onde tem uma moenda.

...eu seria uma montanha feliz.

Já pensou em incluir blogueiros?

Oba, até que enfim ela vai perder o barrigão.

E eu que nem sabia que sucupira era uma árvore...

pai de uma o quê?

nosinhoradosmeuspecados, que que é isso?

não sabia que constelações andavam para cima e para baixo com cópia no bolso

4 comentários:

Juliana disse...

Emplaquei mais um mês!

Vilma disse...

Laudo médico: Sem alta. Devido ás complicações apresentadas no último mês, prescrevo: banho de lua diário e café extra forte, porque apesar de ser um caso de insanidade crônica ela ainda tem bom gosto.

Ana disse...

Nossa, dá pra viajar com essas frases....uahahahaha

Braulio França disse...

Muito bom! Que venham mais...