segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Saindo pelo cano

Mais de uma vez eu fiz dieta. Todas elas com acompanhamento médico e sempre evitei as bombas químicas que aceleram o processo. Conheço bem o meu metabolismo e o método mais eficiente sempre o foi a dieta do zíper atlético, ou seja, a combinação de boca fechada com atividade física.

Conheço pessoas que já fizeram todas as dietas da moda. Passaram dias tomando sopa ou shakes. Em outros momentos tinham cardápios de acordo com a fase da lua (a Cecília Meirelles tinha fases amorosas, essas dieta induz a fases nutricionais). Tentaram aquela de só ingerir proteínas. Depois a outra onde se come tudo, menos proteínas. A do médico americano, a do endocrinologista russo, e até a da nutricionista de Galápagos (também conhecida como dieta Rapa Nui).

Nenhuma delas funcionou como a minha nova descoberta dessa semana. Em 6 dias perdi quase 2 kg, sem fazer nenhuma escolha direcionada de alimentação. Foi a dieta do canal.

Eu poderia ficar rico com a fórmula, mas como um sujeito generoso, deixo abaixo a orientação gratuitamente para quem quiser usufruir da mesma :

a) Numa sexta-feira qualquer (é importante que seja nesse dia) sinta uma vaga dor de dente, sem importância, em algum dos últimos molares.

b) Acorde no sábado com a dor um pouco mais forte, começando a refletir em direção ao centro da arcada dentária. Ainda nada tão forte que pareça uma emergência.

c) No domingo de manhã saia para passear com as crianças e comece a sentir terríveis dores de dente. Chegou a hora de procurar um dentista, em pleno domingo de sol. Se der azar vai sofrer até a segunda de manhã. Se der mais azar vai achar o dentista que vai tratar o molar como se fosse apenas uma infiltração numa restauração antiga. Primeira dose de anestésico.

d) Durante o resto do domingo e toda a madrugada da segunda-feira sinta dor em todos os dentes da arcada afetada. Volte no dentista logo na segunda cedo. Depois de uma coleção de raios-X (primeira exposição à radiação) ele não vai achar nada no molar. Vai tirar outra chapa do dente onde a dor reflete (segunda exposição à radiação) e descobrir um problema no canino. Abre o dente (segunda dose de anestésico) e descobre que é canal. Põe um curativo e manda voltar de tarde para ser tratado pelo encanador (como é que se chama quem trata de canal?)

e) Volte à tarde. O canista vai abrir o dente (terceira dose de anestésico) e tratar do canal. A essa altura a boca já está toda dolorida de tanto mexeram e você já começa ter uns baratos de anestesia. Não dá nem para tomar café, o que, para mim, é a suprema heresia.

f) Quando passa o efeito da anestesia a dor recomeça. Pior do que era antes naquele molar e, como já é de noite, não terá a quem recorrer, exceto aos analgésicos caseiros que não fazem a menor diferença.

g) Terça de manhã você deve estar sentado de novo na cadeira do dentista que tratou o molar. Ele acha que o serviço do domingo foi superficial e resolve tratar com mais profundidade. Quarta dose de anestésico e prescrição de um antiinflamatório daqueles que a gente precisa fazer um boletim de ocorrência na farmácia. Efeito zero. Passe mais uma noite sem dormir.

h) Na quarta feira avise o dentista do canal que ou ele abre o outro dente ou arranca de vez. Ele abre. Trata o canal do molar depois da quinta dose de anestésico em 4 dias. Claro que, a essa altura, a boca é um campo de batalha e tudo dói um pouco. Exceto à noite, quando dói muito.

i) Claro que o dentista vai te atender logo no dia seguinte, ele mesmo já está se sentindo frustrado. Ele olha, admite que não há nada o que fazer a mais no dente e, de repente exclama : "- Ah...uma fístula..." . Assim como eu, olhe para a cara dele e pergunte o que é uma fístula e descubra que é um ponto branco parecendo uma afta, na verdade um ponto de infecção. Claro que depois dessa aventura toda não dá para saber se existia uma infecção que provocou os problemas de canal ou se o problema do canal provocou uma infecção. Antibiótico e analgésico.

j) Aos poucos a dor foi diminuindo, mas não o medo de comer ou beber qualquer coisa. Resultado final, entre domingo e 5a feira, dois kilos a menos na balança do banheiro.

Posso garantir que funciona. Se você vier com aquele papo furado de que não quer sofrer, só posso citar o ditado americano : No pain, no gain.

9 comentários:

Lucila disse...

Credo!!! Dor de dente é uma das piores!!! Só perde prá dor de ouvido!
Beijos sem dor

Lou Mello disse...

Ah, é por isso que eu era magro quando jovem. O que sofri com dores de dentes, não está escrito em lugar nenhum. Se bem que não me lembro de ter ficado sem comer.

Juliana disse...

Dizem que a dieta do siso (a do dente do siso, é claro) tem efeitos muito parecidos.

Vilma disse...

Tratamento de canal é mesmo dolorido... sorte sua que pode perder 2 kg, se eu tiver problemas com canal, terei que ser socorrida por um dieta enteral..interessante sua maneira de relatar o fato, o título bem que poderia ser: Dor de dente de A a J.

clau disse...

Nossa Fabio...
Que epopéia esta sua...!
Mas nao penso que antinflamatòrio, fistula ou endodontistas façam perder peso a longo prazo, tanto quanto tempo e dinheiro.
Pq passada a dor e a raiva, e tb superado o tempo perdido, vc vai se jogar na comida com mais afinco, e como!...
Entao, conselho de uma ex dentista: use os talheres sim, mas nao faça ao menos dos apetrechos escovaXfio, dentro do mais puro conceito que "prevenir é melhor que remediar", rss.
Pq para mim, o bom dentista é aquele que termina com um paciente motivado que nao precisa mais dele.
E da proxima vez, lhe recomendo operar as adenoides ou ter uma bela colica renal, além de tomar os seus cafezinhos SEM açucar tb, hihihi.
Bjs!

Rubinho Osório disse...

Tadinho docê!!! Eu que não sou dado a receitar a outrem - por não ser médico, minha mulher que não nos ouça - te dou uma alternativa: depois das 17h, "no more" pães, massas e doces. Pode não deixa-lo 2kg mais magro em uma semana, mas em um mês, te garanto. Ah, atividade física aeróbica 3X/semana é essencial...

Anônimo disse...

Fábio,
Ai!!que sufoco.Ainda bem que já está melhor.Mantenha agora dieta
" do zíper atlético" e
perderá mais peso de modo saudável.
beijos encorajadores

Braulio França disse...

Nossa quanta coisa incomum... fui no dentista hoje, falo sobre dicas de perder gordura no meu blog, acho que o cara que cuida de canal é o endodontologista ou endodontista, a frase No pain No gain usava em uma camiseta quando era bodybuilder, perdi dois quilos em uma senana comendo amêndoas à noite...nossa só você mesmo pra me fazer lembrar de tanta coisa!!! e da dor dente também...

bete disse...

Só faltou você nos contar quantos reais você ficou mais pobre, porque tenho certeza que barato não foi.