domingo, 20 de dezembro de 2009

Poema novo


Eu colorido
Ela preto
Eu café
Ela leite
Nós xadrez

Eu samba
Ela valsa
Eu bolero
Ela foxtrot
Nós tango

Eu salgado
Ela doce
Eu frito
Ela assado
Nós temperado

Eu Beethoven
Ela Mozart
Eu Gershwin
Ela Porter
Nós canção

Eu Borges
Ela Sábato
Eu Neruda
Ela cummings
Nós poesia

4 comentários:

Elis Zampieri disse...

Você escreve, ela inspira, nós "aprecia".
Bjos, Fábio e boa semana.

Juliana disse...

Não chegam a ser opostos, mas sempre chegam num consenso. Acho que isso é amor.

Rubinho Osório disse...

Que mistureba boa!!! E rica!!!

Bel disse...

Este poema está simplesmente PERFEITO. E eu estou perdendo a insanidade para comentar aqui...