sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

A mulher perfeita

Ela é alegria em todos os momentos

Ela é emoção nas grandes e pequenas coisas.

E também emocionante.

É criança, adolescente e mulher

Ela é passado, presente e futuro.

É o conhecido e o surpreendente.

É o velho, o novo e o que ainda nem foi descoberto.

Ela é simples e complexa, séria e descontraída.

Beleza e elegância, charme e brejeirice

Atraente e atraída, vida e muitas petites-mortes.

Tudo numa só pessoa.

Ela é a mulher perfeita

A mulher que não existe.

6 comentários:

Vilma Mello disse...

A última frase resolve todas as nossas neuras

beijos de sexta

Rubinho Osório disse...

Graças a Deus!!! Já imaginou conviver com esta "coisa"?
Adoro os "defeitos" da minha amada!

Bel disse...

Ainda bem! Ser um pouquinho de cada coisa já é suficiente. Pra que ser melhor do que o possível???

clau disse...

Como assim, "nao existe"?!!!!!!!!!!?
E se vc tem um pedacinho dela em cada mulher que vc conhece!
Pq seria MUITO querer que tivesse tudo isto em uma só.rss
Quem sabe vc chegasse à perfeição, com uma meia duzia delas.
De minha parte, fico só imaginando qtos trens de homens precisariam, para se chegar a um mm resultado...
Hihihi.
Bjs!

Elis Zampieri disse...

Pois é...Mas ja disseram... pessoas perfeitas são encontradas em apenas dois lugares: no cemitério e no curriculum vitae.

Abraço perfeito tem!

Juliana disse...

Se quem ama pode ouvir estrelas, porque não pode também achar a perfeição?