sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Espinafrando analogias

Tema: O amor é o encontro das águas (ouvida numa canção no rádio)

Variações:

Pudor não prescinde de anáguas

Só lavadeira limpa as nódoas

Na dúvida aplique os mínios

Morreu afogado em mágoas

Ao invés de batatas chamíssoas

Buenos Aires com chuva, paraguas

Nos seus olhos nunca névoas

Perdido em seus domínios

Seresta, melhor em páteos

2 comentários:

Vilma Mello disse...

Sugestão para o almoço de hoje: arroz, feijão e ovo frito... quem sabe amanhã eu entendo rs

beijos de sexta

Juliana disse...

Ia perguntar o que é que a imagem tem a ver com o texto, mas conclui que insanidade não se questiona.