quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Porque os flamingos são cor-de-rosa

Flamingos não são cor-de-rosa, são brancos.

Existe uma falsa informação que circula na internet em alguns e-mails apócrifos que alega que os flamingos se tornaram cor-de-rosa a partir de uma dieta de camarões rosa (grandes, é claro) que lhes foi oferecida no zoológico de municipal da Lagoa da Conceição - local renomado pelos seus restaurantes de rodízio de camarão. Não deixa de ser verdade, no entanto, que essas aves são grandes consumidoras de crustáceos

O que poucos sabem é que os camarões da Lagoa da Conceição são brancos, sendo os machos da espécie 7 barbas e as fêmeas fazem depilação com cera quente. Mas essa é outra informação científica, voltemos aos flamingos.

A verdadeira história remonta à fundação do zoológico de Adamstown, na ilha de Pitcairn. Os gestores do zoocômio tinham a intenção de pintar todo o espaço de cor-de-rosa (talvez influenciados pela filha da rainha Bounty que venerava essa cor), no entanto, antes de sua inauguração, um flamingo escapou da sua gaiola e acabou caindo dentro de uma das latas de tinta cor-de-rosa que usavam os pintores. Quando foi capturado de volta estava todo encarnado.

Os gerentes do zoológico gostaram tanto da ave cor-de-rosa que decidiram pintar todos os demais flamingos ao invés de pintar o zoo.

Os primeiros visitantes do parque eram informados pelo guias de turismo que as aves tinham aquela cor pois tinha sido importadas do zoológico da Conceição, onde comiam camarões rosa, o que, naturalmente, fez com que as pessoas, que não faziam idéia do que era um flamingo, ou qual era a localização da Lagoa da Conceição, acreditassem.

A imagem de flamingos cor-de-rosa, cartão postal do Zoo de Adamstown, ficou tão famosa que hoje até os fotógrafos da National Geographic editam as cores dos ciconiformes no photoshop (antes do photoshop eles eram obrigados a andar com tinta rosa em spray e tingir os flamingos antes de tirar as fotos, o que era consideravelmente mais complexo).

Apesar do flamingo ser a ave oficial de Trinidad e Tobago, essa potência centro americana nunca mudou a cor da sua bandeira para o cor-de-rosa, uma vez que seus historiadores conhecem a verdadeira origem dessa falsa coloração das pernaltas.

7 comentários:

Lucila disse...

Ainda bem que escolheram flamingos e não camaleões!!! hahaha

Vilma disse...

Isso me lembra a quantidade de louras que temos no Brasil, um país onde o sol mora, é óbvio que a melanina dos cabelos andam escondidas debaixo de welatons e afins, mas todo mundo faz de conta que acredita que aquele dourado absurdo é realmente genético.

Lou Mello disse...

Na entrada de Sorocaba há uma grande quantidade de Flamingos vivendo livremente, junto ao Rio Sorocaba. Pelo jeito, eles se alimentam de pequenos peixes, pois não há carangueijos e tão pouco tomates e morangos por ali, para despertar o lado feminino deles. Longe de mim comer carangueijos e essas coisas vermelhas.

bete pereira da silva disse...

O Pava diria que eles são cor-de-rosa porque são são-paulinos. Mas eu não falo esse tipo de coisa não.

clau disse...

Oi Fabio.
Interessante este seu discurso...
Pq pensava que flamingo cor de rosa, tivesse sò ali nos jardins da casa da tal da Lili Marinho, hihihi...!
Enfim, para os canarinhos e psitacidios se sabe que a dieta interfere na cor, tanto qto a carencia de certos nutrientes, tb.
Eu mm tenho em casa um da espécie Regina Alessandra que esta com algumas penas vermelho purpura, uma coisa inusual...
Bjs!

Fábio Adiron disse...

Clau : nem lembrava dos flamingos da Lili Marinho...risos, na próxima vou pensar nos psitacídeos..

Lou: deveria comer, caranguejo bem feito é um acepipe dos melhores

Vilma : wellaton é o sucessor da tinta dos flamingos

Juliana disse...

Ouvi dizer algo também sobre o fabricantes de pijamas das zebras.