segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Ano 2

Antes de mais nada, gostaria de agradecer muito a meus leitores pela paciência que tiveram para me acompanhar durante todo esse ano e, em especial, aqueles que, além de ler, ajudaram a manter os blogs como espaços interativos com os seus comentários.

Quando comecei o Mens Insana eu mesmo não acreditava que pudesse manter um ritmo de produção suficiente para publicar todos os dias. Com o passar do tempo, descobri que quanto mais escrevia, mais fácilmente me surgiam os temas.

Claro, algumas vezes reciclei textos antigos, mas essa prática foi pouco necessária. Acredito que menos de 10% dos posts não tenham sido escrito durante esse ano.

Em compensação, consegui fugir do perigo de escrever sobre atualidades políticas, mesmo porque essas são insanas por conta própria.

E acabei gostando da brincadeira de blogar, tanto que em março surgiu o Calvinistas, graças a Deus, em abril eu e o Volney relançamos o Espicaçando o Marketing e em maio surgiu o Inclusão: ampla, geral e irrestrita. No total, foram 446 publicações em 366 dias. 366 delas no Mens Insana.

Pretendo manter o ritmo de um texto por dia, agora que começa o Ano 2. Mas vou mudar a freqüência de publicação - não só para conseguir atingir essa meta, mas também para não saturar o meu público (e o Google Analytics me aponta claramente os dias em que as pessoas não estão afim de ler).

A partir de hoje, às Terças, Quintas e Sábados, saem novas Insanidades. Às segundas-feiras Espicaçarei o Marketing (o Volney espicaça às 5as feiras), às quartas feiras exercerei meu Xiísmo Inclusivo e, aos sextas, minha essência Calvinista. Aos domingos deixarei por conta do que der na telha. Além disso continuo participando como colaborador do Disdeficiência e do Tópicos em Autismo e Inclusão.

4 comentários:

Bel disse...

Aff, que eu cansei só de ver tua agenda!!!
Rotina? Tô fora! Programar dia de postar não adianta comigo, não... hehehhehe

Mesmo assim, boa sorte no Ano 2!!!
Bjo!

clau disse...

...parada dura, n'é verdade?
Qdo um nasce e cresce entre leituras e cadernos, sò podemos esperar que seja isto o fulcro da vida desta pessoa.
E haja tinta na caneta que cair nas maos de alguém assim!
Pq a sua mente nao se cansa de trabalhar, mas cultiva e produz, incessantemente.
E assim, para evitar queimar a massa cinzenta, até que um pouquinho de regra ajuda: ahm, ham!...
Bjs!

Juliana disse...

Você é o insano mais metódico que eu conheço.

arimarcampos disse...

Fábio.
Admiro sua organização, competência e criatividade.
Da minha parte continuarei lendo e assim economizando dinheiro em terapia, leitura de informes, livros de receitas, atualidades, história, lingua portuguesa e o que der e vier na sua cabeça.
Beijos.