sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Como conquistar uma mulher

Minha caríssima amiga Cristiana publicou hoje a sua receita de homem ideal, que não deixa de ser uma questão de gosto. Como as Insanidades preferem o modelo pseudo-científico-neomarxista-concreto-estruturalista, abaixo seguem as informações de como as coisas realmente funcionam.

Passo 1 : Vá ao geneticista mais próximo e faça uma análise de genoma

Passo 2 : Tente surrupiar um fio de cabelo da mulher pretendida e descubra o mapa genético da mocinha

Passo 3 : Se as características genéticas suas forem diferentes das dela, suas chances são grandes e, em hipótese alguma você deve usar perfumes, desodorantes, sabonetes que mascarem o seu cheiro... nem aquele budum que você adquire depois de um jogo de futebol

Passo 3a : Se vocês forem similares geneticamente e, mesmo assim, você continuar interessado na garota, invista em todos os recursos olorosos que façam com que seu cheiro difira dos do seus gens.

Passo 4 : Se você tiver a informação de que ela tome pílula anticoncepcional, inverta as recomendações dos passos 3 e 3a acima

Me desculpe se você estava esperando dicas ao estilo Cyrano de Bergerac, algo no gênero flores, poesia e reparar que ela cortou dois décimos de milímetro do cabelo mas, de acordo com um estudo de cientistas de Liverpool (e não são descendentes dos Beatles) a pílula pode perturbar o sentido do olfato inerente nas mulheres, levando-as a escolher um parceiro inadequado geneticamente.

Os pesquisadores alegam que as mulheres são naturalmente atraídas por homens que são geneticamente diferentes delas, o que corrobora o ditado que os diferentes se atraem mas, por outro lado tornaria o incesto algo inexistente

A chave deste sistema de atração é o olfato (você sabia que os genes tinham cheiro ?) Segundo essa tese a escolha de um parceiro é determinada por feromônios, sinais químicos quase sem cheiro. Um homem que uma mulher acha atraente pelo olfato muito provavelmente tem um sistema de genes diferente dos dela.

No entanto a pílula, além de ter seu efeito proposto de evitar filhos, também evita que o cheirômetro funcione corretamente, o que pode ainda ajudar a explicar rupturas em relacionamentos pois a percepção do odor tem um papel importante em manter a atração entre parceiros - disso eu nunca tive dúvida - quem não gosta de um parceiro perfumado ?

Em breve deve surgir um novo estudo correlacionado o incesto ao uso de anticoncepcionais ou de perfumes.

Enquanto o estudo não for divulgado com mais detalhes sugiro que você leia com mais atenção o nome dos componentes da fórmula dos produtos de higiene que você usa.

8 comentários:

Cristiana Soares disse...

Hahahahahah! Eu havia lido essa matéria noutro dia no UOL... heheh... e, bem, o cheiro realmente é uma coisa importantíssima! Mas o problema é quando ele te leva para lugares que vc não quer ir. Porque seu único intento é a evolução da espécie. E, muitas vezes, não é exatamente essa a nossa intenção. O homem ideal é um parceiro de vida, não um reprodutor...

Fábio Adiron disse...

Cris : essa sua afirmação segue a lógica, coisa da qual as insanidades passam longe...risos

clau disse...

Isso ai, Fabio!
Todos os estudos, todas as teorias e todas as dicas, seriam validos se nao existissem os impuldos, que superam qq racionalidade, a propria bioquimica e tb qq ferormonio que se preze.
Ja que o ser humano moderno tornou-se quase insensivel a ele,aniquilado pelos odores circunstantes ou até aqueles sugeridos pela midia ou pelo vizinho.
E depois de se dar mal por ser estado atraido por um assim tanto "diferente", e constatar que os opostos de chocam melhor do que se atraem, aconselho se unir aos proprios iguais. E falo de genética e de perfumes.
E em ultimo caso, super valido, dar um salto ali mm em Liverpool.Hihihihi.
Bjs!

Vilma disse...

Qual será o efeito do cheiro de alho para o olfato masculino? será que ele ficam gamados porque se lembram de suas mães? melhor incluir isso na pesquisa...

Fábio Adiron disse...

Clau : como bom beatlemaníaco, eu já estive em Liverpool, passeando em Penny Lane...

Vilma: aqui em casa quem cheira a alho sou eu...KKKK

malmal disse...

"Segundo essa tese a escolha de um parceiro é determinada por feromônios, sinais químicos quase sem cheiro"
então é por isso que os "perfumados" são os mais perigosos?usam o perfume pra disfarçar o odor natural e enganar as moçoilas?
Muito bom esse esclarecedor texto, o da Cristiana tb...

bijok, sem pílulas e com perfume

Fábio Adiron disse...

Mal : bom te ler de novo por aqui. Beijos de Vetiver

Juliana disse...

Onde é que eu encontro uma degustação dessas? Ou será uma deolfatação?