sexta-feira, 9 de maio de 2008

Nossa (???) língua portuguesa

De repente eu ouvi um grito : - Um, dó, lá, sí, já!!

Nem tive tempo de pensar e a bola pocou do meu lado, como se fosse uma chapoletada

Senti uma gastura e fugi como taruíra. .

Para me acalmar entrei no bar e pedi um vinho de jabuticaba e um pão de sal. O balconista puxou conversa :

- Qual é ?" Foram uszômi ?

- Deixa eu falar, acho que isso foi coisa da turma do Nacional

- Você é do Darwin ?

- É ruim, hein ?!

- Iá.

- Coisa mais palha

- Achei que iam te catar e dar um tilt

- Eu poquei fora, agora deixa eu pegar um ponga

- Vai lá que tá chegando o buzú.

Se você não viu, depois leia as versões anteriores, os links estão em

2 comentários:

Vilma disse...

Não consigo imaginar de onde venha isso...nem vou me esforçar. Bexiga furada é coisa de fim de festa.O bombom seria bem vindo, mas eu trocaria por um pacote de "dadinhos".

Juliana disse...

Isso é o convento de Vila Velha? Se for, então a bexiga furada é minha. Pode mandar com uma bomba de chocolate.