sexta-feira, 16 de maio de 2008

Contículo coletivo

O uivo da alcatéia soou conclamando a fauna para o conclave do arquipélago.

Os primeiros a surgir foram a cáfila, a capela cheia de pencas, que vinham em comboio.

Das campinas surgiam a piara e o plantel com seu repertório de relinchos, a récua, o rebanho e o fato, como se numa caravana.

Do mar veio uma esquadra composta pelo cardume e a cambada, estes uma súcia formando elenco da areia.

A malta formada pela matilha em quadrilha sugeria que o cabido seria uma choldra.

Uma nuvem e uma revoada anunciaram a chegada da esquadrilha, ainda composta do bando saído do viveiro, míria e panapaná portando o ramalhete e o enxame com seu tradicional cancioneiro.

A colônia tal qual uma legião, levando a talha às costas, logo se aproximou da falange composta pela manada, pela tropa, pela junta e o sarmento.

O congresso teve início com a apresentação da banda que animava o consistório. Sob o feixe a banca julgava a matula que agira como uma horda atacando a chusma.

Depois de desfiar o romanceiro a corja alegou inocência ante o magote.

A refeição composta de cacho, molho e réstia serviu toda a roda. E a turma partiu na frota.

Sob a constelação, chegaram atrasados à assembléia a vara e a ninhada, nem ouviram o coro da congregação do concílio

5 comentários:

Juliana disse...

Por que os livros didáticos não são assim? Seria tão mais divertido.

ZéMoa disse...

Cara, pela quantidade de comentários postados até agora, posso supor que este pugilo de amigos teus não encarou o desafio proposto. Eu mesmo senti-me um baita de um ignorante, tendo necessitado a ajuda do pai dos burros pra interpretar-te. É isso que dá fazer parte da mamparra na escola.

arimarcampos disse...

Fábio.
Estou feliz em participar de seu curso à distância, digo, ler o mens
insana.
Bom domingo.
Arimar

malmal disse...

passei vergonha kkkkkkkk

bijok

Vilma disse...

Me incluo nesse analfabetismo coletivo...kkkkkkk