quarta-feira, 11 de junho de 2008

Contículo anfibológico

O Oráculo de Délfi disse a Croseus que se ele guerreasse ele destruiria um poderoso Reino (Heródoto)

Naquele dia Arnaldo fora à casa de José em seu carro. Ao entrar perguntou : aonde está a cachorra da sua irmã ? Você e sua mãe me fazem feliz. Sem o seu apoio, eu não sou ninguém. Pôs-se a chorar copiosamente, mesmo sabendo que o bom pai o filho ama. Ele era um infeliz. Tinha quatro anos quando o pai matou sua mãe , o trauma nunca se desfez.

Sem saber o que fazer, José saiu. Visitou a casa de sua avó que dá os fundos para o mar, não sem antes passar na loja e comprar meias para senhoras claras. Encontrou-a em frente à TV. Venceu o Brasil a Argentina, ela disse, sem reparar no seu semblante apreensivo.

O que aconteceu ? perguntou finalmente.

É a Judite. Depois dos exames, a médica disse-lhe que estava esperando um bebê. Ela visitou sua amiga, depois saiu com seu noivo. Agora José está em casa desesperado.

Isso pode ter consequências avassaladoras. Você sabe que uma vez ele já atirou em um elefante vestindo seu pijama. É capaz de qualquer coisa. Você sabe que eu gosto de seu pai, mas recuso-me a seguir a sua opinião.

O celular tocou. Era da polícia : o guarda deteve o suspeito em sua casa. O pai encontrou a filha em seu quarto e as consequências não foram felizes

O julgamento foi rápido, a sentença breve : foi condenado a 5 anos de trabalhos forçados por má colocação pronominal.

Anfibologia: trata-se de construir a frase de um modo tal que ela apresente mais de um sentido.

A imagem é uma homenagem ao Lou da Gruta que costuma colocar imagens de mulherões nos seus posts escatológicos.

5 comentários:

Juliana disse...

Só eu? Dessa vez acho que ninguém entendeu neres de pitibiriba do que você escreveu.

Vilma disse...

?????????????????????????????

Taty disse...

Sei lá porque, mas lembrei do filme Psicose......

Lou disse...

Abri seu texto na Lan House e a mocinha, dona do negócio, veio me avisar que não é permitido ver sites pornográficos aqui. :)

Fábio Adiron disse...

Lou

Por causa da imagem ou o que ela imaginou que seja anfibológico?