terça-feira, 27 de abril de 2010

Diamante azul

Um diamante azul sem falhas e de cor vívida pode bater recordes de preço como aconteceu recentemente num leilão da Sotheby´s .

Os diamantes azuis são raríssimos, não só são difíceis de encontrar como também, os que foram encontrados não costumam chegar ao mercado, são guardados cuidadosamente pelos seus proprietários.

Esse diamante azul foi disputado por dois candidatos. A luta foi intensa e nome do ganhador, por motivos óbvios não foi divulgado. Nem o do perdedor.

O diamante azul estava montado sobre um anel de platina, metal tão ou mais nobre que o próprio ouro.

Um diamante desse quilate não pode, nem deve ser colocado num lugar qualquer, merece toda a honra e elegância do mundo.

O diamante azul veio de um país estrangeiro para o local do leilão, o que não é uma manifestação anti-nacionalista, mas não deixa de ser uma verdade que os diamantes raros vêm de longe.

Só realmente os muito privilegiados tem acesso a um diamante azul. Não é à toa que essas pessoas são convencidas e orgulhosas da sua posse.

Não é possível procurar diamantes azuis, eles surgem ou não à sua frente, é preciso que o universo conspire a seu favor para encontrar o seu.

Algumas pessoas encontram mas não dão o devido valor, acham que uma pedra azul não pode ser tão valiosa assim.

Os que reconhecem o seu valor recebem como prêmio o brilho eterno e incomparável da mais perfeita das jóias.

5 comentários:

Vilma A. de Mello disse...

Parece que encontrou o diamante azul, risos

beijos de terça feira

Fábio Adiron disse...

Muito difíceis de achar Vilma, muito difíceis

Rubinho Osório disse...

Acho que já vi esta história em algum lugar...

clau disse...

Por tras de um diamante de cor tao bela, por vezes, existe uma situaçao bem negra.
Para "muitos alguns", o que nao se faria para conseguir se apropriar de uma coisa assim?
Boh...
Bjs!

Bel disse...

Meu diamante azul tem o brilho de olhos cor-de-mel...