quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Desanalogias

À noite todos os gatos são pardos

À tarde todos os patos são sapos (ou será o inverso ?)

À sopa todos os caldos são pratos

À popa todas as ondas são altas

À tona todos os corpos são rotos

À cama todos os sonhos são natos

À caserna todos aspiram generalato

Se não é ximango, é maragato

Naturalista prefere o mulato

No blog todo texto é abstrato

3 comentários:

Vilma disse...

Todo abstrato é um barato...hahahaha

Adorei a figura!

Bom dia!

bete disse...

Embora não rime: todo texto do Fabio é creative commons.

Juliana disse...

Gatos, sapos, patos. Só faltou um mussaranho