terça-feira, 2 de março de 2010

A procrastinável antologia de Fevereiro


Todos os meses eu seleciono os melhores comentários do mês anterior e os publico aqui completamente fora de contexto. O jogo é justamente lê-los sem voltar aos textos que os provocaram.

Alguns comentários são de Janeiro, uma vez que a antologia desse mês era muito curta para ficar isolada. Divirta-se.

A cavalo, cheirando lavanda, fresco...

...deve ser professor de escatologia.

...informo que não vou atender telefone seu, tá?

Para quem faltou, vai ter recuperação paralela?

Os poemas são ótimos, a foto é pavorosa.

Acho que vou comungar, minha mente perversa me pegou.

Se eu fosse católica tb teria que me confessar!!!

Não vejo a hora de estudar o Boro...

o que me preocupa no momento é a " corrupção provocada por outros elementos"

O ráios...se descubro esse truque,fico rica!!!

Esse vai e vem entre a fantasia e a realidade é o mais gostoso da vida.

E eu que pensava ter estudado tudo, qdo fiz odontologia...

Konoronhkwa ietsi:tewe

Deus do céu, que aflição!!! Nojo total!!!

O mistério não é para a ciência, é para os poetas.

Seu... seu... pornógrafo!!!

É como o silêncio sinistro nessa sala silenciosa...nessa sexta feira solitária.

Estou desconfiada que minha pedicure é uma ninfa...

DEUS ME LIVRE: meu spray de cabelo na mesma mala com a espuma de barbear?

5 comentários:

Vilma Mello disse...

Acho que meu remedinho não está funcionando...rs

Bel disse...

Você foi generoso comigo... que comentei minimamente esse mês.
Mas prometo voltar à ativa!! Insanamente!!! Afinal de contas, finalmente casei... hahahahahaha

Arimar disse...

Fabio.
Não ouso comentar, mas cá entre nós:
Êta gente insana!!!!!!He ,he.
Parabéns.
Beijos.

Elis Zampieri disse...

Insanidade coletiva é meio perigoso, n'é não?

Fábio Adiron disse...

Vilma: isso não tem remédio

Bel: você é que foi generosa, obrigado

Arimar: seja ousada

Elis: não conheço insanidade que não o seja