quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

A tupida antologia de Novembro

A regra do jogo é simples. Leia os comentários que foram publicados no blog no mês passado sem voltar aos textos originais. Para cada um deles imagine a sua própria história:



O que vc fez com as coitadas das rosas?

ele tenha terminado morrendo por causa de uma glicemia alta

muita estranha essa geleia...

será que terei o mesmo fim?

Sem querer estragar a beleza da mitologia celta, mas vou resignificar minhas palavras

continuo seguidor fiel das tuas traições

acho que meus neuronios ainda estão embriagados

mamãe também é gente!

Esse post foi inspirado na minha enxaqueca, pode confessar!

eu já ouvi essa orquestra de pulgas amestradas,lá na Praça da Sé...faziam fundo musical,pra uma pregação sobre o livro de Jó...

E vai saber quem elas tinham mordido antes né?

Fiquei zonza, de olhos esbugalhados e nó na língua...

Será que dizem isso ser careta?

Isso é o que acontece com quem confia demais

Um comentário:

Taty disse...

Que confusão....geléia de rosas, pulgas, enxaqueca e até a mãe! Afe! Dá pra criar contos e contos. "Por causa da geléia de rosas, a mãe teve uma enxaqueca, na casa infestada de pulgas". Beijos