quarta-feira, 6 de julho de 2011

Apenas uma declaração de amor


Enquanto te espero, aproveito para dizer que o que você fez na minha vida é algo que eu jamais poderia imaginar.

Não imaginava porque me achava alguém muito cheio de manias imutáveis. Não imaginava porque muitas dessas mudanças jamais tinham passado pela minha cabeça, sequer como hipótese.

Aí chega essa mulher. Linda, inteligente, carinhosa, amorosa, apaixonante, perfeita e se torna a minha mulher, contrariando tudo que eu poderia crer.

Me ensinou o que é amar, o que é sonhar, o que é tornar sonhos em realidade, o que é ser feliz.

Mais que isso, ao seu lado aprendi o que é me apaixonar todos os dias, todas as horas, todos os minutos.

Me ensinou a ter alguém por quem eu preciso me preocupar o tempo todo, que eu preciso cuidar (a ponto disso ser uma necessidade física minha)

Uma mulher para eu me orgulhar das suas realizações, para eu ficar convencido pelo fato de ser minha. Uma mulher que me motiva a retomar muitas coisas que eu amava fazer, que me motiva a fazer coisas que eu não ligava muito para fazer.

A mulher que me faz ignorar qualquer outra pessoa, não por me obrigar a isso, mas porque não sinto mais nenhum tipo de interesse a esse respeito. Quem precisa de qualquer coisa a mais, quando se tem tudo numa pessoa só?

E isso acontece em todos os aspectos. A interlocutora intelectual acima de todas as pessoas, a amiga de todos os momentos incondicionalmente, a parceira de dança, de compras, de criação de filhos. A mulher que me provoca.

A mulher que está dentro de mim o tempo todo. Não sei e nunca mais vou saber o que significa solidão. Quando está comigo ou não.

Eu te amo, desde sempre, para sempre. Eu te amo com toda a intensidade do meu corpo e da minha alma.

Por isso tudo eu só consigo fazer uma coisa. Te agradecer todo o tempo por existir, te agradecer o tempo todo por, um dia, ter olhado para mim. Te agradecer por me amar.

Eu te amo. Minha mulher, minha felicidade, meu amor, minha vida inteira.

9 comentários:

Vilma A. de Mello disse...

Lindo de viver...
Bom dia!!

Regiane disse...

Esta é a mais bonita delcaraçao de amor que jamais li!!! Arrepiei-me de alegria e comoçao de saber que um homem pode se expressar desta forma, e nao ficar mudo como um boneco, pensando coisas que jamais nos mulheres vamos saber!
Parabéns à vcs dois por terem se encontrado, permitido viver em simbiose amorosa e por terem se tornado expressao de vida e amor, um para o outro.

Felicidades Eternas!
Abs
Regiane

Anastázia disse...

Xiita da paixão!

Raquel Jacobsen disse...

Sinceramente? Eu acredito que não há tesouro mais valioso que receber uma declaração de amor tão intensa como essa...com tanta entrega.Lindo!!!!

Virginia Susana disse...

Você me surpreende e me emociona todos os dias, de todas as formas. Nunca na minha vida sonhei que alguém como você existisse, e menos ainda, fosse me amar desta maneira. Você cuida de mim, me protege, protege os que amo, me dá segurança, enche a minha vida de alegria, se entristece comigo, torce por mim, me dá a mão...se torna menino e se deixa cuidar...obrigada por ser UM comigo, para sempre e desde sempre.

neli araujo disse...

Fábio,

Fiquei feliz e emocionada ao ler esta tua declaração de amor para a Virginia!

É muito bom vê-los alegres e felizes!

Aproveitem muito, estes momentos preciosos!

Teu post me trouxe esperança de ainda encontrar um novo amor.

Uma beijoca carinhosa em vocês dois
e nos seus queridos!!!

Neli

Bel disse...

Mas oooooooolha!!!!
Que coisa boUa, que coisa linda, que delíiiiiicia!!!
Fico tão feliz por você, meu amigo... Especialmente por ter acompanhado de longe as intempéries da vida que lhe atingiram, e ver que, como pra mim, Deus foi generoso com você, permitindo esta linda oportunidade de viver o amor em sua plenitude!!!
Um abraço enoooorme e apertado, de felicidades para os dois!

Taty disse...

Lindo!!!!!!! Beijos

Ponto de Fuga disse...

Atrasada mas não menos feliz e emocionada por vocês... parabéns querido por se permitir viver toda essa intensidade. Muito carinho aos dois.
Alice