terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Caiu na rede é peixe

Caminhava eu tranquilamente pelas estradas da rede social quando, repentinamente, fui abduzido por um facho de luz que me dizia:

"- Você foi adicionado à minha lista de amigos, seu código é 27-523-X"

Do alto de uma mangabeira, saguis e babuínos urravam: "- Curti! Curti! Curti!",

Tentei me desvencilhar e bloquear o ser extra-virtual que sugava as minhas informações, mas ele me arremessou em direção a outro facho de luz me etiquetando a testa com um "Encaminhado".

Comecei a gritar: "- F1! F1!! F1!!!" No entanto a rede parecia não entender meus comandos , pois só aceitava touchscreen.

Fui compartilhado, comentado, escrutinado, marcado e, até, re-piado.

Quando achei que estava escapando, uma cloud se formou sobre a minha cabeça e me inundou de jogos, aplicativos e eventos que eu não podia recusar.

Fui escoado por um longo tubo em U que me trouxe de volta à minha página, sem perceber que fotos pornográficas tinham sido publicadas no meu mural durante a minha ausência.

Não tardou para que eu recebesse um alerta informando que meu perfil fora excluído por abusos contra os termos e condições.

3 comentários:

Taty disse...

Vi em você um geek! Ah, Penelope e Felicia ficaram bravas com a foto! Beijos

Arimar disse...

Fábio.
Sem contar que me apareceram "amigos" que nunca ouvi falar, recebi mensagens das mais repilantes. Não me senti em rede, mas sim uma mosca apanhada numa teia.
Êta modernidade !!!!.
Beijos.

Bel disse...

Nada como uma boa faxina nas redes, de vez em sempre, e manter tudo sob controle. Eu não sou peixe! ;)
Bjooo