sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Sinestenoite


Sons da noite
Um motor barulhento
Um vizinho espirrando
Rumor de vento

Sabores da noite
Uma chávena de chá
Lembranças de trufas
Castanha do pará

Visões da noite
Cravos na varanda
Nuvens espaçadas
Falas de Miranda

Sensações da noite
Pasta sobre os dentes
Lençóis de muitos fios
Cabelo sem pente

O perfume da noite
De sonhos é feito
Um só aroma
Único e perfeito

4 comentários:

clau disse...

Problemas com a insonia, Fabio?...
Hihihi!
Bjs!

Taty disse...

Li no fim da tarde, mas seria melhor antes de dormir. Beijos

Arimar disse...

Fábio.
Muito lindo.
Você consegue passar mil imagens em poucas palavras.
Beijos.
Arimar

Elis Zampieri disse...

Gosto dessa sua mão sobre o papel quando versa.